Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Com um a menos em boa parte do jogo, São Paulo empata com Rosário

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Sexta, 13/4/2018 6:19.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O São Paulo estreou na noite desta quinta (12) na Copa Sul-Americana com um empate por 0 a 0 contra o Rosário Central, na Argentina.

Fora toda a dificuldade e pressão que é jogar no estádio Gigante de Arroyito lotado, com toda a tradicional festa dos torcedores argentinos, a equipe brasileira teve que se virar com um jogador a menos em mais de metade da partida.

O zagueiro Rodrigo Caio foi expulso aos 35 minutos do primeiro tempo disputa pelo alto com Marco Rubén. O cotovelo do são-paulino acertou o rosto do adversário, deixando um corte.

O cartão vermelho quebrou o sistema de jogo com três zagueiros que o técnico uruguaio Diego Aguirre havia escalado para a partida.

A expulsão também deixou a equipe são-paulina nervosa. Jogadores discutiram muito com a arbitragem, e o preparador físico do clube, Fernando Pignatares, acabou expulso.

Quando o time colocou a cabeça no lugar, equilibrou as ações no jogo. O fato é que a equipe argentina pouco criou e se mostrou limitada.

Aos 36 min da segunda etapa, o meio-campo Carrizo, do Rosário, também foi expulso.

O São Paulo conseguiu segurar a natural pressão dos donos da casa no final do jogo e saiu de campo com o empate.

As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo mês. O confronto de volta será no dia 5 de maio, no Morumbi. Um 0 a 0 leva a partida para os pênaltis. Empates com gols dão a classificação aos argentinos.

Na segunda (16), o time tricolor estreia no Brasileiro contra o Paraná, às 20h, em casa.

ROSARIO CENTRAL
Ledesma; Gómez, Tobio, Cabezas, Parot; Lovera (Pereyra), González, López, Pissano, Carrizo; Zampedri, Ruben (Herrera). T.: Leonardo Fernández

SÃO PAULO
Sidão; Arboleda, Militão, Rodrigo Caio; Régis (Bruno Alves), Petros, Jucilei, Liziero, Reinaldo (Lucas Fernandes); Nenê, Tréllez (Valdivia). T.: Diego Aguirre

Estádio: Gigante de Arroyito, em Rosário (Argentina)
Juiz: Victor Hugo Carrillo (Peru)
Cartões amarelos: Carrizo, González, Marco Rubén, Parot e Zampedri (Rosario Central); Régis (São Paulo)
Cartões vermelhos: Carrizo (Rosario Central); Rodrigo Caio (São Paulo) 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Política

Vereadora Juliethe em alguns casos prevê prazo de cinco dias


Economia


Cidade

Maioria que lidera contribuição não é nativa da cidade 


Cidade

Equilíbrio que existia no governo Spernau foi liquidado no governo Piriquito   


Publicidade


Geral

Prefeitura adotou novas regras em alguns setores


Cultura

Dois documentários com entrada franca


Equilíbrio

Volvo defende a redução de plásticos no oceano


Variedades

The Headcutters e bandas locais completam a programação


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade