Jornal Página 3

Edson Fachin autoriza abertura de inquérito contra presidente Michel Temer
Marcos Oliveira.

Quinta, 18/5/2017 15:04.

LETÍCIA CASADO, RUBENS VALENTE E TALITA FERNANDES
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), autorizou a abertura de inquérito para apurar se o presidente Michel Temer cometeu crime de obstrução à Justiça com base na delação premiada dos irmãos Batista, do grupo JBS.

Os empresários Wesley e Joesley Batista entregaram aos procuradores uma gravação em que Temer dá aval a um pagamento para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e do doleiro Lúcio Funaro, informou reportagem do jornal "O Globo". Os dois já estavam presos pela Lava Jato.

Temer ouviu de Batista que ele estava pagando a Cunha e Funaro "uma mesada na prisão para ficarem calados'. Diante da informação, Temer incentivou: 'Tem que manter isso, viu?'", de acordo com o jornal.

Segundo a Folha apurou, ainda em abril, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, fez consultas ao ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no (STF) Supremo Tribunal Federal, sobre a possibilidade de investigar Temer. 

 


Publicidade


Colunistas
por Augusto Cesar Diegoli
por Enéas Athanázio
por João José Leal
por Fernando Baumann
por Marlise Schneider
por Sonia Tetto
Política

Iniciativa do vereador Achutti desagradou o governo anterior e o atual 


Saúde

Mutirão será antecipado 


Cidade


Cidade

Meta é 100% de cobertura de água e esgoto ainda neste ano 


Opinião


Guia Legal BC

A casa tem mais de 25 anos de praia e agora quer alcançar os mais jovens também  


Variedades

Na telona grandes artistas da música brasileira


Variedades

Banda se apresenta no Mercado Pirata


Opinião

Artigo de opinião


Cultura

Dica de passeio cultural de verão


Cidade

O serviço não tem ônus adicional, é programado e deve ser agendado por telefone