Jornal Página 3

Temer entra com pedido no STF e solicita íntegra dos áudios de Joesley

Quinta, 18/5/2017 13:21.

MARINA DIAS
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente Michel Temer entrou nesta quinta-feira (18) com um requerimento no STF (Supremo Tribunal Federal) para pedir ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato na corte, acesso à íntegra dos áudios da delação da JBS.

Segundo a reportagem apurou, o presidente avalia que sua situação no cargo é "muito delicada", mas só quer se pronunciar oficialmente depois que tiver conhecimento das gravações feitas pelo empresário Joesley Batista.

Temer espera a íntegra dos áudios para fechar um discurso que deve fazer ainda nesta quinta. Uma reunião foi convocada para às 16h para discutir o teor final do pronunciamento.

A aliados, o presidente diz que não tem a intenção de renunciar a seu mandato, admite que se reuniu com Joesley no início de março e que ouviu do empresário que ele estava pagando o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Temer, porém, afirma que viu o gesto como "ato de solidariedade" e não como intenção de comprar o silêncio de Cunha, que pode fazer uma delação premiada comprometendo ainda mais o núcleo do governo e o próprio presidente.

Temer cancelou sua agenda oficial desta quinta, que contava com 18 audiências com deputados e senadores da base aliada. Ele segue em seu gabinete no Palácio do Planalto em conversas com aliados para medir o impacto das gravações e avaliar possíveis saídas para seu governo. 


Publicidade


Colunistas
por Augusto Cesar Diegoli
por Enéas Athanázio
por João José Leal
por Fernando Baumann
por Marlise Schneider
por Sonia Tetto
Política

Iniciativa do vereador Achutti desagradou o governo anterior e o atual 


Saúde

Mutirão será antecipado 


Cidade


Cidade

Meta é 100% de cobertura de água e esgoto ainda neste ano 


Opinião


Guia Legal BC

A casa tem mais de 25 anos de praia e agora quer alcançar os mais jovens também  


Variedades

Na telona grandes artistas da música brasileira


Variedades

Banda se apresenta no Mercado Pirata


Opinião

Artigo de opinião


Cultura

Dica de passeio cultural de verão


Cidade

O serviço não tem ônus adicional, é programado e deve ser agendado por telefone