Jornal Página 3

Após pressão, 24 deputados mudam o voto na reforma trabalhista

Quinta, 20/4/2017 6:16.

RANIER BRAGON
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Além de conseguir reunir mais deputados em plenário, o Palácio do Planalto e os líderes governistas no Congresso conseguiram na aprovação do requerimento que acelerou a reforma trabalhista virar da noite para o dia o voto de vários deputados da base que haviam se rebelado na véspera.

A comparação dos mapas de votação de terça (18) e desta quarta-feira (19) mostram que, em menos de 24 horas, foi criada uma bancada de 24 deputados "vira-casaca": eles votaram contra a tramitação mais rápida da reforma na terça, mas mudaram de ideia e, nesta quarta, apoiaram a tese do governo.

A derrota do dia anterior foi simbólica para o governo porque ele pretende usar a aprovação da reforma trabalhista como um sinal ao mercado e ao país de que tem musculatura legislativa para aprovar a reforma da Previdência, que exige apoio maior dos congressistas (pelo menos 60%).

Com isso, o governo pressionou partidos que têm ministério e conseguiu reverter as defecções: o partido com mais vira-casacas foi o próprio PMDB de Temer. Quatro mudaram de ideia a favor do governo em menos de 24 horas.

Depois vêm PSB (3), PP (3), PTN (3) e PR (3), incluindo Tiririca (SP), deputado mais votado no Brasil em 2010 e o segundo mais votado em 2014.

"É foda, foi pressão do partido, pressão muito grande, mas meu voto na reforma tá declarado, eu sou contra qualquer reforma. O que aconteceu é que o partido ligou, nem foi pra mim, foi para o meu chefe de gabinete, e a pressão foi muito grande. Uma porrada de gente mudou o voto. Aí pra não bater de frente com o meu partido, aceitei votar nessa urgência, mas falei pra deixar claro que quando vier a reforma eu bato de frente, meu voto é contra", disse Tiririca. 


Publicidade


Colunistas
Saúde

Fatma divulgou o resultado nesta sexta-feira. Dois pontos impróprios estão com solução em andamento. 


Política


Educação

Documentos deveriam ser apresentados e não foram, prazo final é terça-feira.


Geral

Sábado é Dia Internacional contra a Corrupção


Cidade

 Abraço revelou realidade cruel contra os idosos 


Cidade

Sistema será aplicado, mas sem cobrança de valores, para evitar abusos 


Esportes

Circuito acontece no final de semana


Comercial

Promoções Rosar Alimentos para esta semana


Guia Legal BC

Banda se apresenta no dia 5 de janeiro


Cidade

Prefeitura de Balneário Camboriú fará leilão no dia 13 de dezembro


Publicidade